Variedades

Dado Dolabella fala sobre agressão a Piovani: ‘Fui absolvido, acabou esse processo’

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Em entrevista ao podcast de Sérgio Mallandro na última quarta-feira (21), Dado Dolabella voltou a falar sobre sua acusação de agressão a Luana Piovani e à camareira Esmeralda Honório, caso ocorrido em 2008.

“Não houve essa violência”, disse Dado no programa do Youtube. “Essa história, para mim, ficou há 20 anos. Fui absolvido, acabou esse processo. A câmera mostrou o que realmente aconteceu.”

Em 2016, Dado foi absolvido da acusação de agressão a Luana Piovani e condenado a pagar indenização de R$ 40 mil a Esmeralda. Na entrevista com Sérgio Mallandro, ele descreveu sua versão do que ocorreu naquela noite.

“A gente brigou, estávamos os dois bêbados, ‘bebaços’, eu falei que ia embora, ela meteu o dedo no meu braço, e eu falei ‘sai, me solta’ e empurrei ela. Ela caiu sentada no chão, aí veio a camareira, que me empurrou, eu afastei ela, nem vi quem era”, descreveu. “O pessoal fala que eu quebrei o braço dela. Ela demorou duas semanas para ir ao hospital”, disse o companheiro de Wanessa Camargo.

“Eu acho que a Luana fez [a acusação] para divulgar a peça dela na época. Porque ela ficava nua em cena, e, de repente, sofrer uma violência por ciúmes vai atrair a galera para assistir. Marketing!”, acusou.

Em 2008, Luana Piovani denunciou o ex-namorado na lei Maria da Penha por agressão contra ela e a camareira Esmeralda Honório em uma boate do Rio de Janeiro. Em janeiro deste ano, quando estreou o BBB 24, com Wanessa Camargo no elenco, Luana voltou a mencionar o caso. “A Wanessa é muito querida e batalhadora, mas ela está lá com a sombra de um criminoso”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo