Local

Deputado propõe obrigatoriedade de vacinação contra Covid-19 para crianças e adolescentes

Com o objetivo de proteger a saúde pública e garantir a segurança de crianças e adolescentes no retorno às aulas, o deputado estadual Guilherme Cortez (PSOL) apresentou um projeto de lei na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo que torna obrigatória a vacinação contra a Covid-19 para menores de 18 anos em todo o estado.

A medida, alinhada às últimas diretrizes médicas, pretende prevenir a proliferação do vírus e reduzir drasticamente os riscos de casos graves, internações e óbitos. “A ciência é categórica: a vacina é a ferramenta mais eficaz para proteger nossas crianças e adolescentes contra os perigos da Covid-19. É fundamental combater o negacionismo e garantir a saúde pública”, destaca Cortez.

O projeto de lei substitui o projeto 5/2024, que previa a vedação da obrigatoriedade da vacinação para crianças de zero a cinco anos de idade. A proposta do deputado Cortez amplia a proteção para todas as faixas etárias menores de 18 anos, reconhecendo a vulnerabilidade desse grupo populacional.

Responsabilidade dos pais e responsáveis

A proposta estabelece que a responsabilidade pela vacinação dos menores de 18 anos recai sobre os pais ou responsáveis legais. A medida visa garantir que todos os indivíduos nesse grupo etário estejam devidamente imunizados, contribuindo para a proteção individual e coletiva.

Momento crucial para a saúde pública

Com o retorno às aulas e a circulação intensificada de pessoas, a vacinação contra a Covid-19 em crianças e adolescentes é crucial para conter a disseminação do vírus e garantir um ambiente escolar mais seguro. A iniciativa do deputado Guilherme Cortez representa um passo importante na proteção da saúde pública e no combate à pandemia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo