Local

Vereadores adiam votação de R$ 7,5 mi para o Uni-Facef

Por Carolina Ribeiro

A Câmara de Franca adiou a votação do Projeto de Lei que autoriza a abertura de créditos adicionais de R$ 7,5 milhões em favor do Centro Universitário Uni-Facef. O valor seria utilizado para a desapropriação de um imóvel que fica ao lado da Unidade II, na avenida Dr. Ismael Alonso y Alonso, por R$ 6,5 milhões e o restante para custear convênios para internatos de alunos.

Os vereadores concordaram que é preciso discutir mais o assunto por tratar-se de um negócio de alto valor. Gilson Pelizaro (PT) solicitou que sejam realizados estudos técnicos da área que o Uni-Facef pretende adquirir já que a mesma fica em um local que é frequentemente vítima de alagamentos. A votação foi adiada por uma sessão para um maior estudo do tema pelos parlamentares.

Cidade Inteligente

Os vereadores aprovaram por unanimidade o projeto de Lei que implanta em Franca o conceito de ‘Cidades Inteligentes’. O projeto, apresentado pelos vereadores Daniel Bassi (PSDB) e Donizete da Farmácia (MDB), teve como base uma recomendação do Senado Federal e busca preparar a cidade para dar respostas rápidas e inteligentes para diversas situações, como trânsito pesado em determinadas regiões, calamidades como enchentes, coleta seletiva e destinação de resíduos, entre outras.

Servidores

Durante a sessão os vereadores aprovaram ainda a concessão, sem reajustes, do cartão alimentação no valor de R$ 600 e do abono escolar de R$ 297,03 para os servidores públicos municipais. Também foi aprovada a transformação do benefício do vale refeição dos servidores da Câmara Municipal em vale alimentação. Foi mantido o valor atual de R$ 839,86.

Créditos adicionais

A Câmara Municipal também aprovou o projeto que autoriza a abertura de créditos adicionais no valor de R$ 5,6 milhões. Entre as ações previstas para o uso da verba está celebrar parcerias com entidades para o funcionamento das creches do Jardim Palmeiras, Residencial Paraíso e Jardim Tropical I e executar serviços de captura e castração de animais, entre outros.

Foi aprovado ainda o projeto sobre a reestruturação do Conselho Municipal de Acompanhamento e Controle Social do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – CACS-FUNDEB.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo